Resolução de problemas na formação inicial do professor de Matemática: um contributo da Teoria das Situações Didáticas e do software GeoGebra

Autores/as

DOI:

https://doi.org/10.33010/ie_rie_rediech.v13i0.1400

Palabras clave:

Conceitos epistêmicos, formação de professor, sequências numéricas, software dinâmico, teoria de ensino

Resumen

Este artigo trata-se de um recorte de uma pesquisa de mestrado, que aborda o uso de resolução de problemas na formação inicial do professor de Matemática. Tem como objetivo apresentar os resultados referente à observação dos conceitos epistêmicos dos professores em formação inicial no contexto da resolução de situações didáticas que abordam o conteúdo de Sequências Numéricas, segundo os pressupostos da Teoria das Situações Didáticas com amparo GeoGebra. A metodologia seguiu as etapas da Engenharia Didática, que foi utilizada no planejamento das situações didáticas e na análise dos dados, criando um ambiente de ensino e formação com a participação direta na resolução de problemas e na construção do conhecimento. A partir da análise de uma aplicação, encontrou-se como resultado a manifestação de outras habilidades de compreensão sobre o assunto de Sequências Numéricas que não eram esperadas na análise a priori. Outra descoberta foi a satisfação em usar o aplicativo do GeoGebra no celular como forma de resolver problemas. Conclui-se que trabalhar com problemas de olimpíadas de matemática ajudou na formação inicial dos professores de Matemática na elaboração de conjecturas, no aprofundamento dos conteúdos e no desenvolvimento de estratégias durante a ação de resolver problemas.

Biografía del autor/a

Italândia Ferreira de Azevedo, Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia do Ceará, Brasil

Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia do Ceará, Brasil. Profesora de Matemática da rede estadual de ensino do Ceará – SEDUC. Mestra em Ensino de Ciências e Matemática pelo IFCE, campus Fortaleza - CE. Doutoranda em Ensino pelo RENOEN-IFCE. Pesquisa sobre Didática da Matemática Francesa, Formação de professores de Matemática e Tecnologia digitais no Ensino de Matemática.

Katia Vigo Ingar, Universidad Nacional del Callao, Perú

Doctora en Educación Matemática por la PUCSP, Docente nombrada del posgrado en Docencia Universitaria y pregrado.

Francisco Régis Vieira Alves, Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia do Ceará, Brasil

Doutor em Educação Universidade Federal do Ceará (UFC) e Bolsista de produtividade do CNPq PQ2. Professor permanente do Programa de Pós - Graduação em Ensino de Ciências e Matemática (IFCE).

 

Citas

Allevato, N., y Onuchic, L. (2009). Ensinando matemática na sala de aula através da resolução de problemas. Boletim Gepem, (55), 133-154.

Almouloud, S. (2007). Fundamentos da didática da Matemática. Editora da Universidade Federal de Paraná.

Almouloud, S., y Coutinho, C. (2008). Engenharia didática: características e seus usos em trabalhos apresentados no GT-19/ANPED. Revemat, 3(6), 62-77. https://doi.org/10.5007/1981-1322.2008v3n1p62

Alves, F. (2019). Visualizing the olympic didactic situation (ods): teaching mathematics with support of the geogebra software. Acta Didactica Napocensia, 12(2), 97-116. DOI: 10.24193/adn.12.2.8

Alves, F. R. V. (2012). Insight: descrição e possibilidades de seu uso no ensino do cálculo. Vidya, 32(2), 149-161. https://doi.org/10.24193/adn.12.2.8

Alves, F. R.V. (2020). Situações Didáticas Olímpicas (SDOs): ensino de olimpíadas de matemática com arrimo no software GeoGebra como recurso na visualização. Alexandria, 13(1), 319-349. https://doi.org/10.5007/1982-5153.2020v13n1p319

Azevedo, I., Alves, F., y Oliveiro, J. (2018). Obmep e teoria das situações didáticas: uma proposta para o professor de matemática. Educação Matemática em Revista – RS, 2(19), 82-92.

Badaró, R. (2015). Do zero às medalhas: orientações aos professores de cursos preparatórios para olimpíadas de matemática [Dissertação de Mestrado Profissional em Matemática-PROFMAT-Universidade Federal da Bahia]. http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/23021

Brousseau, G. (2008). Introdução ao estudo da teoria das situações didáticas: conteúdos e métodos de ensino. Ática.

Costa, M., y Allevato, N. (2013). Resolução de problemas como metodologia de ensino: um caminho para ensinar, aprender e avaliar os conteúdos matemáticos. In VII CIBEM. Anais... Montevideo (3274-3281).

Díaz-Urdanetta, S., Kalinke, M., y Motta, M. (2019). A transposição didática na elaboração de um objeto de aprendizagem no GeoGebra. Revista de Educação, Ciência e Tecnologia, 8(2), 1-12. https://doi.org/10.35819/tear.v8.n2.a3503

Fidelis, E. (2014). A OBMEP sob uma perspectiva de resolução de problemas [Dissertação de Mestrado Profissional em Matemática em rede nacional- PROFMAT-Universidade de Brasília–UnB, Brasília]. https://www.repositorio.unb.br/handle/10482/17049

Jungbluth, A., Silveira, E., y Grando, R. (2019). O estudo de sequências na educação algébrica nos anos iniciais do ensino fundamental. Educação Matemática Pesquisa, São Paulo, 21(3), 96-118.

Lima, M. (2019). Situações didáticas olímpicas (SDO) para o ensino de sequências numéricas: um contributo da engenharia didática [Dissertação de Mestrado Profissional em Matemática-Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática (ENCIMA), Universidade Federal do Ceará]. http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/44173

Morgado, A., Wagner, E., y Zani, S. (2015). Progressões e Matemática Financeira (6a. ed). SBM.

OBMEP (2017). OBMEP 12 anos. IMPA. http://www.obmep.org.br/images/Revista_OBMEP_12_anos.pdf

Polya, G. (1985). O Ensino por meio problemas. Revista do professor de Matemática, (7).

Romanatto, M. (2012). Resolução de problemas nas aulas de Matemática. Revista Eletrônica de Educação, 6(1), 299-311.

Santos, A., y Alves, F. (2017). A teoria das situações didáticas no ensino das Olimpíadas de Matemática: uma aplicação do Teorema de Pitot. Indagatio Didactica, 9(4), 279-296. https://doi.org/10.34624/id.v9i4.976

Teixeira, P., y Passos, C. (2013). Um pouco da teoria das situações didáticas (TSD) de Guy Brousseau. Zetetiké, 21(39), 155-168. https://doi.org/10.20396/zet.v21i39.8646602

Publicado

2022-07-23

Cómo citar

Ferreira de Azevedo, I., Vigo Ingar, K., & Vieira Alves, F. R. (2022). Resolução de problemas na formação inicial do professor de Matemática: um contributo da Teoria das Situações Didáticas e do software GeoGebra. IE Revista De Investigación Educativa De La REDIECH, 13, e1400. https://doi.org/10.33010/ie_rie_rediech.v13i0.1400

Número

Sección

Reportes de investigación